Trânsito de Coreaú foi tema da Audiência Pública na Câmara dos Vereadores

quinta-feira, 6 de junho de 2013

Foi realizado esta manhã no Plenário Vereador Miguel Neri Portela, a audiência pública entre os poderes Legislativo, Executivo e Judiciário, para tratar sobre assunto do trânsito de Coreaú. Infelizmente os representantes do judiciário puderam comparecer. Estiveram presentes a Prefeita Érika junto com o chefe de gabinete Chico Antonio representando o poder executivo e os vereadores João Gôdo (PSDB) , Osvaldo Araújo (PR), Caburé (PDT), Chico Dêca (PSB), Zé Sampaio (PSDB) e Erasmo Albuquerque (PSDB) representando o Legislativo, o pároco José Lucione representou a igreja Católica, também a comunidade e imprensa local estiveram presentes para acompanhar o desenrolar dessa audiência.

Os vereadores demonstram preocupação com essa lei que será imposta na cidade a partir desta sexta (07) porque isso impediria os trabalhadores que ganham a vida as custas do transporte por causa da locomoção, e que são a favor sim a aplicação da lei mais que o prazo seja discutido, pois de imediato fica quase que impossível, pois é necessário que primeiro se eduque a população para que depois seja aplicado a ordem. No mais os mesmos se mostraram a favor de algumas regras e de imediato, como é caso do menor pilotando veículos, a lei seca, motos sem placas e descargas barulhentas.

A prefeita em suas palavras deixou bem claro que não há condições de se implantar as fiscalizações na cidade por conta de o trânsito local não ser municipalizado, e isso requer que se faça concurso para agentes de transito e também adquirir veículos que possibilitasse a locomoção dos mesmo. 

O chefe de gabinete Dr. Chico Antonio falou também dos custos que seria para o município implementar leis que regularize o transito e isto no momento a prefeitura não tem condições de arcar com estas dispersas.

O discurso do pároco Pe. Lucione foi de conscientização e que os responsáveis possam arcar com as consequências do mal que fazem ao guiar seus veículos embragado ou em altas velocidades. Mais que nós possamos desde já nos educar, com boas maneiras no trânsito.


É importe ressaltar que a prefeita é de acordo com a implementação das leis, mais que antes devem haver medidas educativas para que a população se conscientizem sobre as leis de trânsito, e que ver com bons olhos a medida tomada pela promotora de justiça que é de proteger os cidadãos cumprindo a lei.


Na oportunidade o chefe de gabinete Dr. Francisco Antonio sugeriu aos vereadores, que seja marcada outra audiência para o mês agosto e que dessa vez, todos possa participar.

(RM no Foco)

0 comments

Postar um comentário

ESCREVA AQUI SEU COMENTÁRIO