Ex-Goleiro Bruno deixa a prisão

sábado, 25 de fevereiro de 2017

O ex-goleiro do Flamengo Bruno Fernandes de Souza, 32, foi solto às 19h35 desta sexta-feira (24) da Apac (Associação de Proteção e Assistência ao Condenado) em Santa Luzia (região metropolitana de Belo Horizonte). Bruno deixou a prisão de carro, acompanhado da mulher, Ingrid Calheiros, e de seus advogados. "Glória a Deus por tudo", disse ele em conversa rápida com a imprensa. 
Ele estava preso desde 2010 --nessa unidade, desde 2015-- e havia sido condenado em 2013 a 22 anos e três meses, em regime fechado, por homicídio triplamente qualificado e ocultação de cadáver contra a ex-amante, Eliza Samudio. Fonte: UOL

VENDO MESA DE SOM CICLOTRON MXS 6 SA - NOVA

quarta-feira, 22 de fevereiro de 2017

ENTRE EM CONTATO PELO WHATSAPP: (88)9.8129-0651
Características:
6 canais de entradas sendo: 4 canais de entrada mono (1 a 4) desbalanceadas com conexão automática para microfones ou instrumentos musicais balanceados e 1 canal de entrada stereo (5 / 6)
- canal de saída stereo master L e R
- 1 canal para efeitos externos com retorno em stereo
- 1 canal para fone de ouvido stereo
- Conector de saída para gravação
- Leds indicadores de nível de saída individuais +4dB e CLIP nos canais left e right do stereo master
- SMPS ? Fonte de alimentação chaveada (fonte automática) de 90V a 260V - 50/60 Hz.

ACIDENTE ENTRE VAN E ÔNIBUS PRÓXIMO AO POSTO JABURUNA-SOBRAL

terça-feira, 7 de fevereiro de 2017


Um acidente de trânsito aconteceu na manhã desta terça-feira (7) na BR 222, km 237, próximo ao Posto 44, O motivo foi uma ultrapassagem proibida no qual envolveu um ônibus que costuma transportar alunos do Distrito de Pedra de Fogo e uma Van da cidade de Ipueiras, graças a Deus os dois veículos estavam apenas com seus respectivos motoristas, sendo que o motorista da Van conhecido como Sr. Toinho Socó foi socorrido por uma ambulância do SAMU para a Santa Casa de Misericórdia de Sobral, seu estado de saúde é estável.

Eunício novo Presidente do Senado é acusado de receber propina para liberar MP para Odebrecht

quinta-feira, 2 de fevereiro de 2017

Eleito nesta quarta-feira, dia 1º, com 61 votos presidente do Senado e do Congresso Nacional, o senador Eunício Oliveira (PMDB-CE) era conhecido entre os executivos da Odebrecht como o "índio", apelido utilizado pelo chamado departamento de propinas da empreiteira para se referir ao parlamentar.
O ex-diretor de Relações Institucionais da empresa Cláudio Melo Filho afirmou em sua colaboração premiada que o agora segundo homem na linha de sucessão presidencial teria recebido cerca de R$ 2,1 milhões em propinas entre outubro de 2013 e janeiro de 2014.