LEÔNIDAS CRISTINO CONQUISTA O CINTURÃO DIGITAL PARA COREAÚ

segunda-feira, 30 de novembro de 2015

 Na próxima sexta-feira (dia 4 de dezembro) será anunciada, em Coreaú, a contratação da empresa que levará ao município os cabos de fibra ótica do Cinturão Digital, a infraestrutura de comunicação de dados e internet de alta velocidade do Ceará. O município, que hoje tem uma conexão por sinal de rádio com velocidade de 50 Mega, passará a contar com a velocidade máxima de 10 giga do Cinturão Digital.

A conquista teve origem num projeto do deputado federal Leônidas Cristino, ainda na gestão do então governador Cid Gomes, que autorizou colocar o investimento no Fundo de Inovação Tecnológica (FIT). Agora, a execução do projeto será realizada pelo governador Camilo Santana. O investimento é de R$ 1.279.000,00 liberados pelo gestora do FIT, a Fundação Cearense de Apoio ao Desenvolvimento Científico e Tecnológico (Funcap), vinculada à Secretaria da Ciência, Tecnologia e Educação Superior.

O presidente da Empresa de Tecnologia da Informação do Ceará (Etice), Adalberto de Paula Pessoa, que participou nesta sexta-feira (27) da inauguração do Centro de Treinamento do Trabalhador Cearense (CTTC), disse que a ordem de serviço para a realização do serviço será dada em dezembro. O diretor de Inovação Tecnológica da companhia, Rogério Cristino, informou que a empresa vencedora é a Conectel, de Minas Gerais.

A data será definida de comum acordo com as agendas do governador Camilo Santana, a prefeita Érika Frota, o deputado Leônidas Cristino, o deputado Ivo Gomes e o secretário da Ciência, Tecnologia e Educação Superior, Inácio Arruda.  A implantação da fibra ótica será concluída em prazo de 120 dias.

A conexão à fibra será feita na altura do Km 21 da BR-122, em Sobral, na estrada de Cariré. Daí será levada a Coreaú ao longo de 41 Km. No trajeto, a fibra ótica atravessa dois distritos de Sobral: em Aprazível, passa ao lado da Fábrica de Cimento da Votorantim e, no distrito de Lavras de Pedras, ao lado da Igreja.

A internet de alta velocidade do Cinturão Digital vai possibilitar um trabalho de inclusão digital ao conectar escolas, hospitais, postos de saúde, instituições da administração estadual e municipal, delegacias, Ematerce, Cagece e outras. O investimento inclui a instalação de uma torre de 60 metros na Escola Estadual de Ensino Médio Vilebaldo Aguiar que vai distribuir o sinal para distritos e cidades vizinhas ao fazer o que na linguagem técnica é chamada de ‘iluminação’ do entorno.  Caberá à Prefeitura definir as praças e logradouros que terão o acesso livre para navegação na internet.

<<<voltar


0 comments

Postar um comentário

ESCREVA AQUI SEU COMENTÁRIO