Carreta tomba em Tianguá-CE

segunda-feira, 30 de março de 2015

Uma carreta tombou e derramou sua carga de óleo na pista, na noite deste domingo, 30, no km 301 da BR-222, em Tianguá. A Polícia Rodoviária Federal (PRF) informou que o trecho ficou interditado e seguiu bloqueado até às 10h20min desta segunda-feira, 30.

O acidente foi registrado por volta das 20h48min e apenas veículos leves estavam passando pela área, no sentido decrescente. Não há registro de feridos, ainda conforme a PRF.

Na manhã desta segunda-feira, 30, houve interdição em trecho no sentido Piauí-Ceará. Uma operação foi montada para a retirada do óleo da pista e do veiculo.

Piloto de avião gritou ao copiloto para que abrisse a maldita porta

domingo, 29 de março de 2015

O piloto do avião que caiu nos Alpes franceses pediu aos gritos para que o copiloto, que teria derrubado intencionalmente a aeronave, que abrisse "a maldita porta" enquanto tentava derrubá-la, mostraram as gravações da primeira-caixa preta encontrada.
Quando o copiloto, Andreas Lubitz, já teria acionado o sistema de descida, e os controladores aéreos franceses tinham tentado às 10h32 contatar sem sucesso o avião, a gravação registra o sinal de alarme automática de perda de altura, revelou neste domingo o jornal "Bild".

Imediatamente depois se ouve um forte golpe, como se alguém tentasse abrir com um chute a porta da cabine, e a voz do capitão, Patrick Sondenheimer, gritando: "Pelo amor de deus, abre a porta!".

Ao fundo é possível ouvir os gritos dos passageiros.

Às 10h35, quando o avião ainda estava a sete mil metros de altura, a gravação registrou "ruídos metálicos fortes contra a porta da cabina" como se ela estivesse sendo golpeada.

90 segundos depois, a cinco mil metros de altura, um novo alarme é ativado, e é possível ouvir o piloto gritar: "Abra essa maldita porta!"

Às 10h38, ainda a cerca de quatro mil metros de altura, é possível ouvir a respiração do copiloto, que não diz nada.

Às 10.40, o aparelho toca a montanha com a asa direita e de novo são ouvidos gritos dos passageiros, os últimos sons registrados pela caixa-preta.

A hora e meia de gravação resgatada revelou também como o capitão, às 10h27 e a 11.600 metros de altura pede ao copiloto que comece a preparar a aterrissagem em Düsseldorf e ele responde, entre outras palavras, com um "tomara" e um "vamos a ver".

Novo Ministro da Educação Renato Janine

sábado, 28 de março de 2015


Renato Janine Ribeiro, o novo ministro da Educação de Dilma; ele reconhece que comandará "um dos ministérios maiores, mais complexos e mais ricos da Esplanada"

O novo ministro da Educação de Dilma, o professor e filósofo Renato Janine Ribeiro, contou em seu perfil no Facebook como foi escolhido para o cargo e que desafios espera, em uma mensagem de agradecimento. Janine toma posse oficialmente em 6 de abril.

Terra treme em Beberibe e localidades vizinhas

sexta-feira, 27 de março de 2015

Um abalo sísmico de magnitude 3.0 na Escala Ritcher foi sentido no fim da última quarta-feira (25) no município de Beberibe, localizado a cerca de 79 km de Fortaleza. Por volta 23h25, o sismo atingiu a localidade de Boqueirão do Cesário, informou a Coordenadoria Estadual de Defesa Civil (Cedec). 
 
O tremor, registrado pelo Laboratório Sismológico da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), foi plenamente percebido pela população local, bem como em localidades vizinhas. Não houve, no entanto, maiores transtornos, informou a Cedec.

Denatran adia até 1º de julho exigência do extintor ABC

quarta-feira, 25 de março de 2015

Extintor do tipo ABC será obrigatório em carros a partir de 1º de abril deste ano (Foto: Luciana Amaral/G1)
O Denatran adiou nesta quarta-feira (25) por mais 90 dias a obrigatoriedade do uso do extintor veicular do tipo ABC. A nova data prevista para início da fiscalização será 1º de julho.

De acordo com o Ministério das Cidades, o motivo para adiar a obrigatoriedade é que o equipamento continua em falta nas lojas.

Vereadora é presa no interior do CE

Polícia investiga se ela usou dinheiro obtido em assalto na campanha de 2012 (Foto: PM/Divulgação)
Uma vereadora de Salitre, no interior do Ceará, foi presa com mais sete pessoas suspeitas de homicídios, assaltos e formação de quadrilha. De acordo com a Polícia Militar, Francisca Sales Vieira (PT-CE) mantinha relação com um homem conhecido como Paulinho Tendel, que é conhecido na cidade por crimes de homicídios.


“Depois que ela iniciou essa relação, ela passou a ser investigada. O Paulinho Tendel arregimentou uma quadrilha, que incluía a vereadora, com quem cometia vários assaltos”, diz comandante do Destacamento Policial de Salitre, Paulo César.

Francisca Sales é suspeita de participação em assaltos a caminhoneiros, postos de combustível e casas lotéricas, além de formação de quadrilha e homicídios. “As pessoas que iam se desgarrando da quadrilha eles iam matando. Só esse ano foram cinco homicídios dessa forma”, diz o policial. Fonte: G1 CE

Prefeitura de Ibiapina anula seleção

Está anulado o processo seletivo realizado pela Prefeitura de Ibiapina, com objetivo de preencher 26 vagas de nível médio junto à Secretaria de Saúde.

As oportunidades desse certame seriam para Auxiliar e/ou Técnico de Enfermagem (20), Atendente de Consultório Dentário (5) e Artesão (1), todas com jornadas de trabalho de 40h semanais, salários de R$ 788,00 e contratos temporários. 
 

PREVISÃO DE CHUVA PARA TODO CEARÁ


Ao contrário do Dia de São José, neste feriado da Abolição da Escravatura do Ceará chove em todas as regiões do Estado. Conforme atualização realizada no site da Funceme às 7h50, nada menos do que 131 municípios acusaram precipitações das sete horas da manhã da última terça-feira até sete horas de hoje. Tabuleiro do Norte foi a Cidade que apresentou maior índice, 83 milímetros. O quadro deve mudar ao longo do dia, já que novas informações pluviométricas devem chegar à Fundação nas próximas horas.

Conforme a Funceme, a chuva acontece por existirem nuvens sobre o Ceará. "Essa nebulosidade está associada a áreas de instabilidade que se formam em virtude da atuação do sistema atmosférico Zona de Convergência Intertropical (ZCIT), padrão observado nos últimos dias". 

PROCURA-SE MOTO ROUBADA EM SÃO JOSÉ DO TORTO-SOBRAL

segunda-feira, 23 de março de 2015

MOTO HONDA CG 125 TITAN KS VERMELHA ANO 2003

PLACA: HXL1253  CHASSI: 9C2JC30103R203756

SOBRAL-CE

A MOTO FOI ROUBADA NO DIA DA TRADICIONAL CAVALGADA 14/03/15

LIGUE: (88) 9423-0719 OU (88) 9496-4532

PELO WHATSAPP: (88) 9665-8933


Após chuva Desmoronamento de pedra em Itapajé bloqueia trecho da BR-222


Polícia Rodoviária Federal (PRF) liberou, desde a noite deste domingo (22), o tráfego de veículos entre os quilômetros 117 e 118 da BR-222, no município de Itapajé. O trecho ficou parcialmente interditado devido ao deslizamento de uma rocha gigante, que tomou uma das faixas da pista. Segundo a PRF, com as chuvas fortes nos últimos dias, houve deslizamento de terra uma pedra se desprendeu de uma encosta.
(Diário Nordeste)

Pouca Chuva no Ceará no Dia de São José

sexta-feira, 20 de março de 2015

previsão da Fundação Cearense de Meteorologia e Recursos Hídricos (Funceme) de que choveria pouco no Ceará durante a quinta-feira (19), Dia de São José, se confirmou. Apenas 9 municípios cearenses registraram chuvas durante o feriado, de acordo com os dados pluviométricos da Funceme, registrados após às 7h da quinta-feira e atualizados na manhã desta sexta-feira (20). 
A maior precipitação foi registrada em Caucaia, na Região Metropolitana de Fortaleza (RMF), com 19 milímetros (mm). Logo em seguida veio a cidade de Meruoca, onde choveu 14 mm. Em Fortaleza, durate o período, foi contabilizado apenas 3 mm.

CID GOMES DEIXA CARGO DE MINISTRO DA EDUCAÇÃO

quinta-feira, 19 de março de 2015

Image-0-Artigo-1818640-1
A crise entre o governo Dilma Rousseff (PT) e o Congresso Nacional chegou ao auge na tarde de ontem. Após ter passado apenas 77 dias no cargo e participar de uma sessão com direito a bate-boca na Câmara dos Deputados, Cid Gomes (Pros), deixou ontem o Ministério da Educação.

Minutos antes o PMDB ameaçara deixar a coalizão governista. Tensa, a relação entre o Executivo e o Legislativo registrou o nível máximo de desgaste depois que Cid, dedo em riste em direção à Mesa Diretora da Câmara, afirmou preferir "ser acusado por ele de mal educado", o presidente Eduardo Cunha (PMDB-RJ), "do que ser como ele, acusado de achaque".

Em tom de enfrentamento, Cid disse não concordar com a postura de quem "mesmo estando no governo, os seus partidos participando do governo, têm uma postura de oportunismo".
"Partidos de oposição têm o dever de fazer oposição. Partidos de situação têm o dever de ser situação ou então larguem o osso, saiam do governo", afirmou o ex-governador do Ceará.
A sessão convocada para que ele desse explicações sobre sua declaração de que haveria entre os deputados "300 ou 400 achacadores" transformou-se em um intenso bate-boca que culminou com o abandono da sessão pelo então ministro. O PMDB ameaçou retaliar o governo retirando seu apoio no Congresso Nacional e Cid seguiu ao Palácio do Planalto, de onde já saiu como ex-ministro.
A saída de Cid do cargo foi anunciada por Eduardo Cunha, que ainda estava no plenário da Câmara, a partir de informação que havia sido repassada por telefone pelo ministro da Casa Civil, Aloizio Mercadante.
O governador do Ceará, Camilo Santana (PT), e os prefeitos de Fortaleza, Roberto Cláudio (PSB), e de Sobral, Veveu Arruda (PT), acompanharam o ministro durante a sessão. Outros apoiadores, como os deputados estaduais Manoel Duca (Pros)e Osmar Baquit (SD), foram retirados das galerias por ordem de Cunha. Eles ficaram em frente a um telão instalado no Salão Verde para acompanhar a sessão.

Confirmado para hoje presença de Cid Gomes ao Plenário da Câmara

quarta-feira, 18 de março de 2015

Image-0-Artigo-1817428-1
Agência Brasil
O ministro da Educação, Cid Gomes (PROS), disse em Fortaleza a correligionários que vai hoje à Câmara dos Deputados, atendendo a convocação da Casa, para dar explicações sobre suas declarações, recentemente na Universidade Federal do Pará, que existem entre 400 e 300 deputados federais "achacadores". Oficialmente, o ministro está de licença para tratamento de saúde desde terça-feira da semana passada, quando esteve hospitalizado em São Paulo e em repouso na Capital cearense a partir do último sábado até ontem.
O governador Camilo Santana (PT), o presidente da Assembleia, deputado José Albuquerque (PROS), o prefeito de Fortaleza, Roberto Cláudio (PROS) e um grupo de aproximadamente dez deputados estaduais vão estar em Brasília, hoje, para prestigiar o ex-governador.
Cid deveria ter comparecido à Câmara na quarta-feira da semana passada. Adoeceu na terça e pediu adiamento da convocação. O presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB) chegou a duvidar da enfermidade e criou uma comissão de deputados, três médicos, para confirmarem a hospitalização de Cid em São Paulo e o prontuário médico. A nova data da convocação foi marcada para hoje.

Reprovação do governo Dilma dispara

avaliação ruim/péssima do governo da presidente Dilma Rousseff disparou para 62% em março. O desempenho se repete de forma generalizada por renda e regiões geográficas. Esta é a maior rejeição a um presidente desde Fernando Collor de Mello às vésperas do impeachment em 1992, mostrou nesta quarta-feira pesquisa Datafolha.
Dilma Rousseff
No início de fevereiro, a avaliação ruim/péssima de Dilma estava em 44%.

A nova sondagem, realizada nos dois dias seguintes aos protestos de domingo, mostrou ainda que os que consideram o governo Dilma ótimo/bom caíram para 13%, contra 23% no levantamento anterior.
Segundo o Datafolha, a desaprovação é de pelo menos 60% em todos os segmentos na divisão dos entrevistados por faixas de renda.
Entre os que ganham até dois salários, Dilma é considerada ruim/péssima por 60%, enquanto a desaprovação vai a 66 por cento de dois a cinco salários mínimos e chega a 65% entre os que recebem de cinco salários para cima.
Na separação por regiões, em todas a avaliação ruim/péssima é de pelo menos 51%, taxa registrada na região Norte.
A maior rejeição está no Centro-Oeste, onde 75% avaliaram Dilma negativamente. Mesmo no Nordeste, onde Dilma teve ampla vantagem na eleição de outubro, a reprovação foi a 55%.
Em meio a um cenário de fraqueza econômica e inflação alta, Dilma tem a pior aprovação de um presidente desde setembro de 1992, quando Collor, que estava prestes a cair, tinha 68% de reprovação, segundo o Datafolha.
De acordo com a série do instituto, essa é a primeira vez que Dilma tem mais de 50% de avaliação negativa. Ao mesmo tempo, sua taxa de aprovação chegou ao pior nível em todo o tempo de seu governo.
Foram ouvidas 2.842 pessoas, em 172 municípios. A margem de erro é de 2 pontos percentuais.

MP denuncia tesoureiro do PT e ex-diretor da Petrobrás

terça-feira, 17 de março de 2015

Operação Lava Jato. Um dia antes de a Operação Lava Jato completar um ano, o Ministério Público Federal denunciou à Justiça o tesoureiro do PT, João Vaccari Neto, e outras 26 pessoas suspeitas de participação no esquema de corrupção da Petrobras investigado na operação Lava Jato. Um dos denunciados, o ex-diretor de Serviços da estatal Renato Duque, voltou a ser preso ontem.


VLT de Sobral

vlt
Foto: Karison Mesquita

O Veículo Leve sobre Trilhos de Sobral tem sido muito útil aos seus 1.800 usuários diários, mas ainda apresenta alguns problemas estruturais.

Sobral. Desde que começou a circular pelas em Sobral, o Veículo Leve sobre Trilhos (VLT) tem sido o único transporte usado por Maria das Dores Sarmento para ir e vir todos os dias ao trabalho. Moradora do Bairro Cohab II, um dos mais populosos da cidade, a doméstica diz que tem economizado bastante, já que a passagem ainda não é cobrada. A velha bicicleta, muitas vezes usada para se deslocar pela cidade, também foi deixada de lado. "Eu moro bem perto da estação do meu bairro, que fica longe de onde eu trabalho. Com o VLT eu chego cedo e volto meio-dia, sem gastar nada. Quando eu tenho folga na semana, ainda vou visitar os parentes em outro bairro, o que não dava pra fazer com os três filhos, sem gastar", afirmou.
Após três anos de espera, o VLT entrou em fase de testes em outubro do ano passado. A chamada operação assistida, programada para ser realizada por cerca de seis meses, colocou, literalmente, o "trem nos trilhos", numa ação normativa a todo sistema de transporte sobre trilhos urbanos de passageiros, mas sem seguir um atendimento regular. O momento ainda é de ajustes e regulagens numa simulação de operação comercial mas sem o compromisso formal com horário e regularidade. Segundo a Companhia Cearense de Transportes Metropolitanos, o transporte é o primeiro no País a ser instalado em uma cidade do Interior com circulação apenas urbana, o que o difere do instalado na região do Cariri, de circulação urbana mas com ligação entre as cidades de Juazeiro do Norte e Crato.
Com velocidade máxima operacional de 60km/h, o VLT corta parte da cidade levando todos os dias, para o trabalho, o auxiliar administrativo Josias da Silva Paixão, que assim como Maria das Dores, vê no novo transporte público a resposta para os gastos com passagens, mesmo que temporário. "Eu tive até uma certa resistência em andar de VLT, acho que por falta de informação, mas a curiosidade me fez experimentar, e gostei. Sei que em breve teremos que pagar, mesmo assim a cidade ganha com essa opção", disse. (Diário do Nordeste)

Presidente Dilma após manifestações

O governo federal tem obrigação de abrir diálogo de forma humilde e escutar quando acontecem protestos nas ruas, mas ao mesmo tempo tem de manter a postura firme sobre o que "acha importante", disse a presidente da República, Dilma Rousseff ontem.
As declarações de Dilma ocorrem um dia após centenas de milhares de manifestantes saírem às ruas em diversas cidades brasileiras, em manifestações convocados nas redes sociais contra o governo federal, o PT e alguns pedindo o impeachment da petista.
Image-0-Artigo-1816912-1
"O governo irá sempre dialogar com manifestações das ruas... O sentimento tem de ser de humildade e firmeza", disse a presidente, durante evento no Palácio do Planalto, em que sancionou o novo Código de Processo Civil.

A presidente manteve o discurso que o ajuste fiscal é necessário para melhorar as contas públicas e garantir que o Brasil volte a crescer, depois de ter dito que "não conseguimos mais fazer políticas anticíclicas como no passado".
"Não tenho dúvidas de que esses ajustes e correções serão realizados para a defesa de todos os brasileiros", disse ela, acrescentando que o governo atende a uma demanda de restrição de gastos.
Ela salientou que não está acabando com políticas feitas anteriormente, como as desonerações tributárias e ampliação da oferta de crédito, e sim as alterando, modificando ou reduzindo.
Embora tenha reconhecido que há divergências em relação a seu programa de ajuste fiscal, Dilma pregou que se trata do "caminho para continuar crescendo". Ela também admitiu que o direcionamento da política econômica em seu primeiro mandato não foi efetivo como forma de reaquecer a economia.
Menos de três meses após o início de seu segundo mandato, Dilma enfrenta um momento delicado, marcado pela dificuldade de implementar o ajuste fiscal em meio à expectativa de fraco desempenho da economia e escândalo de corrupção envolvendo a Petrobras. Além disso, o Executivo tem uma conflituosa relação com o Congresso, canalizada no descontentamento de seu maior aliado - o PMDB - e o fortalecimento da oposição.
Corrupção
Durante a primeira declaração pública após as manifestações de domingo, Dilma ainda afirmou que, no Brasil, "a corrupção é uma senhora idosa". A presidente argumentou que as fraudes no governo são anteriores à chegada do PT ao poder.
"A corrupção é uma senhora idosa e não poupa ninguém. Pode estar em todo lugar, inclusive no setor privado", disse a petista.
O escândalo de corrupção na Petrobras, investigado pela Polícia Federal, abalou a imagem do governo e do PT. O delator e ex-gerente da estatal Pedro Barusco acusou o partido de ter recebido até US$ 200 milhões em propina do esquema.
A pauta da corrupção foi central nos protestos de domingo, o que fez o governo procurar respostas para dissipar o mau humor em alguns estratos. Mas, na agenda interna, a presidente renovou apenas uma promessa de campanha: lançar, possivelmente esta semana, um pacote anticorrupção com foco na redução da impunidade.
Legitimidade
O vice-presidente da República, Michel Temer, afirmou ontem que as manifestações de domingo contra o governo Dilma mostram que algo está errado e que o governo precisa ter humildade para reconhecer e consertar.
Em discurso durante encontro com empresários fluminenses na sede da Federação das Indústrias do Estado do Rio de Janeiro (Firjan), Temer disse ainda que o governo precisa saber ouvir os desejos manifestados pela sociedade nas ruas.
"Essas manifestações são mais que legítimas, e muitas vezes até necessárias", disse Temer, que participou ontem de uma reunião convocada mais cedo por Dilma com a equipe de coordenação de governo, da qual participaram dez ministros.
Novo Código
Segundo seus formuladores o novo Código do Processo Civil sancionado ontem deve reduzir a morosidade dos processos na Justiça brasileira. Com pouco mais de mil artigos, o novo CPC, como é chamado o código, deve ter a íntegra publicada no "Diário Oficial da União" de hoje.
As alterações sancionadas entrarão em vigor dentro de um ano. Apesar da cerimônia realizada no Palácio do Planalto, o texto aprovado pelo Congresso Nacional no fim do ano passado pode ter trechos suprimidos.
Durante o evento no Planalto, Dilma ressaltou o caráter mais popular e moderno do novo CPC, que, segundo ela, tem como base três pontos fundamentais: a garantia do amplo direito de defesa e do contraditório; a duração razoável do processo legal; e a eficácia das decisões tomadas pela Justiça.
A principal mudança no código, na opinião dos congressistas que aprovaram a proposta, é acelerar a tramitação dos processos na Justiça. As causas passam a ser julgadas em ordem cronológica, evitando que as mais antigas fiquem sem análise.
O novo CPC também reduz recursos no Judiciário, o que deve diminuir o tempo de julgamento das ações pela metade. Para agilizar os processos, o código ainda fixa pagamento de multas de até 20% do valor da causa se ficar comprovado que os recursos apresentados tinham apenas intuito protelatório. (Agência Brasil)

Cid Gomes é internado no Sírio Libanês

quarta-feira, 11 de março de 2015

O novo ministro da Educação, Cid Gomes, pediu adiamento do depoimento Foto: Elza Fiúza / Agência Brasil
Ministro da Educação Cid Gomes foi internado no Hospital Sírio Libanês nesta terça-feira sob suspeita de pneumonia. Depoimento na Câmara foi adiado.

News Atualizada às 15:40h (13/03)
Cid Gomes, recebeu alta do Hospital Sírio-Libanês 
Ministro da educação, Cid Gomes, recebeu alta do Hospital Sírio-Libanês nesta sexta-feira (13). As informações são de que ele continuará o tratamento em casa, a partir de antibióticos recomendados pelos médicos.
Ainda de acordo com a notícia, Cid já está a caminho de Fortaleza. A informação da liberação do ministro já foi confirmada pela assessoria do Hospital Sírio-Libanês.

Acidente com Ônibus da Banda Garota Safada

terça-feira, 10 de março de 2015

O ônibus que levava a banda Garota Safadatombou no KM-81 da BR-222, em um trecho conhecido como a Curva dos Frios, na cidade de São Luís do Curu, localzada a cerca de 80 km de Fortaleza. O acidente aconteceu por volta das 3h da madrugada desta terça-feira (10), quando o grupo se deslocava para a cidade de Luziânia/PI, onde faria show nesta noite.

Equipes da Polícia Rodoviária Federal (PRF), do Corpo de Bombeiros e do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) foram acionadas. Segundo informações da PRF,chovia bastante no momento do acidente, fazendo com que o motorista perdesse o controle do veículo e tombasse o ônibus. Não houve colisão. O ônibus foi retirado do local somente no fim da manhã.

Conforme a assessoria de impresa da banda, 27 pessoas ocupavam o veículo, entre músicos, produtores e equipe técnica. O vocalista Wesley Safadão não estava no ônibus. Quatro pessoas ficaram feridas em estado grave e foram imediatamente deslocadas para o Instituto José Frota (IJF).
14 pacientes internados no IJF
Durante a manhã, outros envolvidos também foram transferidos ao hospital, totalizando 14 pacientes internados no IJF  em decorrência do acidente, informou a asessoria de impresa da unidade. Outras vítimas, que sofreram ferimentos mais leves, foram encaminhadas para hospitais da região, como os de São Luís do Curu e Itapipoca
O integrante Robson Bezerra da Costa vai passar por cirurgia, sofreu fratura exposta no ombro direito. Itaro Silva sofreu lesão no pé direito e irá passar por procedimento cirúrgico. Francisco Lúcio Sousa da Silva  sofreu fratura exposta no braço direito. John Jhones de Melo Veloso sofreu esmagamento de mão e está na Sala de Recuperação do IJF. Eduardo Pereira Bento foi o único que já recebeu alta.
 
João Paulo Ferreira de Lemos, Eleandro Rodrigo, Ítalo Cleryston Alves, Lucivan Sousa da Silva, José Aldísio Oliveira, Sandro Soares da Silva, Ederson de Lima Cardoso, Marcos José dos Santos Rodrigues e  Paulo Ricardo estão passando por exames e seguem em observação.
 
O pai do cantor esteve presente no local do acidente, e, segundo a PRF, estava de prontidão para dar o máximo de assistência aos feridos. A equipe médica do IJF está avaliando todos os integrantes da banda e deve divulgar em breve um balanço sobre o estado de saúde dos pacientes. Fonte: Diario do Nordeste

Coreaú está entre os 13 municípios cearenses disponíveis na 3ª chamada do Programa mais Médicos

quarta-feira, 4 de março de 2015


Nas duas primeiras chamadas, o Mais Médicos ofertou 528 vagas para 113 municípios cearenses. De acordo com o ministro da saúde, 97% dos cargos foram preenchidos por brasileiros. Na recepção aos novos profissionais, Arthur Chioro deu orientações a respeito dos próximos passos do programa. Os médicos começam suas atividades a partir desta semana.

Os 121 profissionais foram selecionados na 2ª chamada, equivalente ao edital de janeiro. Os profissionais foram selecionados na 2ª chamada do edital de janeiro. Na 3ª chamada, que acontecerá nos dias 17 e 18 de março, os inscritos no programa poderão selecionar 14 vagas em 13 cidades cearenses.


Das 4.146 opções disponíveis em todo Brasil, 3.823 (92%) já foram ocupadas nas primeiras chamadas. Para a terceira chamada, 4.362 médicos poderão optar dentre as 318 vagas em 218 municípios e 10 Distritos Indígenas. Dos 757 profissionais alocados em 2ª chamada, 519 (68%) se apresentaram nos municípios portando a documentação exigida até última sexta-feira (27). A maioria (451) optou pelo benefício da pontuação de 10% nas provas de residência médica. Outros 68 profissionais escolheram os benefícios do Mais Médicos. Na primeira chamada, dos 3.936 médicos inscritos, 3.304 se apresentaram (84%) comparecem às prefeituras até o dia 20 de fevereiro. 
Informação do Repórter: Rômulo Costa

Confira os 13 municípios cearenses disponíveis na 3ª chamada:


Caucaia
Uruburetama
Quixeramobim
Coreaú
São Luís do Curu
Ipueiras
Paramoti
Jijoca de Jericoacoara
Itarema
Morada Nova
Alto Santo
Choró
Camocim

Remoção de feirantes gera confusão na cidade de Sobral

domingo, 1 de março de 2015

feirantesFalta de estacionamento, acesso difícil para os clientes e motoristas multados durante as compras no interior do mercado são os principais problemas apontados pelos feirantes de Sobral, que estão deixando os boxes para vender nas calçadas. Na manhã desse sábado (28), fiscais acompanhados pela polícia foram até o local para tentar tirar os ambulantes das calçadas, ouve muito bate boca, princípio de confusão e pessoas passando mal. A ação que durou mais de uma hora prejudicou até o trânsito naquela área da cidade.  A prefeitura relaxou, não acompanhou o problema de perto e agora estão com sérias dificuldades para resolver a situação.

A prefeitura alega que eles possuem box no interior do mercado e não podem ficar nas calçadas. Já os permissionários, alegam que os clientes se afastaram do mercado porque não há estacionamento suficiente no local, além do espaço interno mal dividido que beneficia alguns e deixa outros afastados dos clientes. As pessoas estão deixando de ir as compras no mercado porque são constantemente multadas por falta de estacionamento.
Fonte:Wellington Macedo