Camilo Santana encosta em Eunício, diz pesquisa Datafolha

quarta-feira, 3 de setembro de 2014

O instituto Datafolha divulgou, nesta quarta-feira (3), a primeira pesquisa para a disputa do Governo do Estado após o início da propaganda eleitoral gratuita no rádio e na TV. Nela, Eunício Oliveira (PMDB) ainda aparece na liderança, mas a vantagem para Camilo Santana (PT) caiu para10 pontos percentuais.
 
Na atual conjuntura, o peemedebista aparece com 41% das intenções de voto, enquanto o petista soma 31%Eliane Novais (PSB) foi lembrada por 4% dos eleitores, e Aílton Lopes (Psol) por 2%. 15% dos 1.042 eleitores ouvidos pelo instituto ainda estão indecisos, à medida que brancos e nulos somam 8%. A margem de erro é de 3 pontos percentuais.
 
Na primeira pesquisa Datafolha, divulgada no dia 14 de agosto, a diferença entre os principais postulantes ao Governo do Estado era de 28 pontos percentuais. Eunício liderava com 47% das intenções de voto, enquanto Camilo aparecia com 19%. Eliane e Aílton também apresentaramvariação negativa, pois apontavam 7% e 4%, respectivamente.
 
Na pesquisa espontânea, na qual não são apresentados os nomes dos candidatos aos eleitores questionados, Eunício e Camilo aparecem tecnicamente empatados. O representante do PMDB soma 19% das intenções de voto, enquanto Camilo marca 18%. O atual governador Cid Gomes (Pros), que não é candidato, foi lembrando por 2% dos eleitores. Eliane aparece com 1%, e Aílton Lopes não pontuou.
 
Cenário para o Senado não apresenta mudança
 
Mesmo após o início da propaganda eleitoral gratuita, Tasso Jereissati (PSDB) manteve a vantagem sobre Mauro Filho (Pros). Com 54% das intenções de voto, o tucano aparece com 24 pontos percentuais de vantagem sobre o opositor, que marca 20%. Na primeira pesquisa Datafolha, Tasso foi lembrado por 53% dos eleitores, e Mauro por 18%.
 
Mais discretas na corrida eleitoral, Geovana Cartaxo (PSB) e Raquel Dias (PSTU) estão empatadas com 2%, cada. 13% dos eleitores ainda não definiram o candidato a votar, e 9% optam por branco ou nulo. A pesquisa Datafolha, que foi encomendada pelos jornais O Povo e Folha de S. Paulo, colheu a posição do eleitorado entre os dias 1º e 2 de setembro.

0 comments

Postar um comentário

ESCREVA AQUI SEU COMENTÁRIO