Tribunal Superior do Trabalho determina fim da greve dos Correios

quarta-feira, 9 de outubro de 2013

O Tribunal Superior do Trabalho (TST) determinou, nesta terça (8), o encerramento da greve dos Correios. Os trabalhadores que aderiram ao movimento grevista devem retomar aos postos nesta quarta (9) e terão de compensar os dias que ficaram sem trabalhar.
O TST manteve o reajuste salarial de 8% oferecido pela empresa aos trabalhadores e 6,27% para benefícios. A greve da categoria foi deflagrada por alguns sindicatos no dia 12 de setembro, outros aderiram no dia 17.
Pela decisão do TST, os trabalhadores grevistas terão de compensar os dias que faltaram com até duas horas extras diárias em um prazo de 180 dias.
Estados
Os trabalhadores dos Correios de São Paulo, Rio de Janeiro, Rondônia, Tocantins e Rio Grande do Norte decidiram encerrar a greve, e aceitar a proposta da empresa, no dia 13 de setembro. A partir do dia 17, os outros sindicatos que representam a categoria no país aderiram à greve.
Há um racha entre as entidades que representam a categoria. Os sindicatos de São Paulo, Rio, Bauru e Rio Grande do Norte são ligados a Central dos Trabalhadores e Trabalhadoras do Brasil (CTB), vinculados ao PC do B e, junto com Tocantins e Rondônia, são vinculados à outra federação, a Findect. Já a Fentect é filiada à Central Única dos Trabalhadores (CUT), do PT.

0 comments

Postar um comentário

ESCREVA AQUI SEU COMENTÁRIO