Entrevista exclusiva com a mãe estrupada pelo proprio filho.

segunda-feira, 16 de fevereiro de 2009

Leia o depoimento exclusivo de Maria Auxiliadora 48 anos, moradora da vila união Sobral-Ce, que foi estrupada pelo próprio filho, Francisco Iralnildo 25 anos mais conhecido como Iran.

"Ele bebia, botava boneco dentro de casa, me trancou no quarto apagou a luz e eu pedia pelo amor de Deus para ele não me matar e ele pedia pra mim calar a boca e me esculhambava me chamando de Rapariga sem-vergonha, pedio pra mim tirar a roupa que queria mamar nos meios peitos, todo esse tormento durou mais ou menos duas horas e meia, ele transou várias vezes comigo, eu estava rezando e ele pedindo pra mim parar de rezar"
A filha de Auxiliadora ligou para polícia, e o policial falou que só ia se a vítima fosse fazer a denuncia, a filha respondeu que sua mãe não tinha condições de ir até a delegacia, foi então que ele enviou a viatura policial.
POLÍCIA DE SOBRAL ISSO É UMA VERGONHA!!!!!!!!
Durante a entrevista o marido de Auxiliadora estava chorando muito e não conseguia falar. A vítima pede Justiça.

0 comments

Postar um comentário

ESCREVA AQUI SEU COMENTÁRIO